Documento sem título

GUILLERMO FRANCO - Ex Jogador de Futebol

GuillermoFranco0410.JPG

"Quando fui a uma reunião cristã pela primeira vez, fui muito impactado por ouvir a respeito de Deus, do que Ele tinha preparado para mim, que Ele tinha feito o Filho d'Ele morrer por mim. Eu havia encontrado uma resposta maravilhosa para minhas perguntas! Desde aquele dia, antes de entrar no campo, ore pedindo que Deus cuide das minhas pernas porque elas são as minhas ferramentas de trabalho. Ore para que eu não machuque meus adversários, e para que Deus guie as minhas jogadas, e que eu faça boas partidas."

 

Pensei que tinha sucesso na vida, mas apesar de meus êxitos sempre me faltava algo mais, tinha uma sensação de vazio interior e nada conseguia preenchê-lo. Até que fiz a melhor jogada da minha vida, que foi compreender que Deus me amava e queria me dar uma vida abundante, cheia de paz, felicidade, harmonia e vitória. Mas sentia-me longe de Deus e não sabia como aproximar-me. Li a Bíblia e encontrei a resposta: "Jesus disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim". (João 14:6)

Então, decidi colocar toda a minha fé em Jesus. Pedi-lhe perdão por todos os meus pecados e acreditei com todo o meu coração que ele morreu na cruz e ressuscitou para dar-me vida e reconciliar-me com Deus. A partir desse momento, me sinto um vencedor. Essa não é uma mensagem religiosa, mas sim minha própria experiência que mudou minha vida.

Um pouco da história de Guillermo Franco

Guillermo Franco, ou Guille, como é conhecido, é um jogador inteligente e técnico, com bom toque de bola, que atua principalmente pelas pontas do campo mas chega com perigo jogando de centroavante.

Jogador do West Ham, entrou em seis partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Em 2006, disputou os três jogos iniciais de sua equipe no Mundial, na Alemanha.

Atleta de Cristo, antes de entrar no gramado em todos os jogos reza para que Deus proteja as suas pernas. Nascido em Corrientes, chegou a morar em um barco ancorado no bairro de Puerto Madero assim que se mudou para Buenos Aires.

Argentino naturalizado mexicano, começou a carreira no San Lorenzo em 1996. Em 2001, conquistou os seus primeiros títulos: o Torneio Apertura argentino e a Copa Mercosul, cuja final contra o Flamengo só foi disputada em janeiro de 2002 devido ao estádio de sítio imposto à Argentina no ano anterior.

Na metade de 2002, Franco se transferiu para o Monterrey, no México. Após uma primeira temporada péssima (17 jogos, quatro gols e duas expulsões), se redimiu em 2003, quando foi campeão e melhor jogador do Torneio Clausura. Em 2004, com 15 gols em 16 jogos, ele se tornou o artilheiro do Torneio Apertura, mas o seu time não conseguiu o bicampeonato.

Naturalizado mexicano, conseguiu uma vaga na seleção em 2005, depois de se recuperar de uma contusão na mão. A sua estreia aconteceu diante da Guatemala pelas eliminatórias, marcando um dos gols na vitória por 5 a 2.

Em janeiro de 2006 foi contratado pelo Villarreal. Na equipe espanhola, jogou duas Ligas dos Campeões, quando os espanhois perderam para o Arsenal nas duas ocasiões: em 2006, na semifinal, quando Franco teve um gol anulado; em 2009, nas quartas de final.

Após três temporadas e meia na Espanha, Franco foi à Inglaterra tentar um novo desafio no ataque do West Ham. Na sua primeira temporada da Premier League, campeonato que exige bastante dos centroavantes, teve uma média de um gol a cada quatro partidas e ajudou a equipe londrina a fugir do rebaixamento.


   
 
FICHA TÉCNICA:

Nome completo:Guillermo Luis Franco Farcuason
Data de nascimento: Corrientes (Argentina) - 03-11-1976 - Naturalizado Mexicano
Pé Prefencial: Canhoto
Posição: Atacante

Clubes que passou:
San Lorenzo
Monterrey
Villarreal
West Ham United
Vélez Sársfield
Pachuca
Chicago Fire